Roteiro de 12 dias na Patagônia

Finalmente conseguimos conhecer os principais pontos turísticos da Patagônia Argentina, um destino único de paisagens exuberantes e imponentes, de clima quente e frio com fortes correntes de ventos e de sua flora e fauna local.

Nossa viagem iniciou no dia 26/11/2017 (domingo) e terminou em 08/12/2017 (sexta-feira). Ficamos 3 dias em Puerto Madryn, 3 dias em Ushuaia e 6 dias em El Calafate. Era primavera na Argentina assim como no Brasil. Cada estação do ano possui suas características únicas de paisagens e temporada de passeios, veja abaixo como ficou:

 

Roteiro de 12 dias na Patagônia

 

Dia 1 – Chegada à cidade de Puerto Madryn (3 dias)

Partimos do Aeroporto Internacional de São Paulo Governador André Franco Montoro em Guarulhos, com escala no Aeroparque Regional Jorge Newbery em Buenos Aires com destino ao Aeroporto Almirante Marco Andrés Zar na cidade de Trelew, província de Chubut na Argentina.

Chegamos à tarde na cidade de Trelew e já tínhamos o transfer contratado pela agência Argentina Vision nos aguardando no salão de desembarque, que nos levou ao Hotel Piren. Após fazer o check-in, fomos caminhar pelo centro da cidade e jantar.

 

Dia 2 – Passeio de Navegação a Puerto Pirâmides na região da Península Valdéz

De manhã, partimos de van em direção à Reserva Provincial Península Valdéz. Antes de chegar ao nosso destino, a primeira parada foi no centro de interpretação Istmo Carlos Ameghino. Depois de 1h de viagem chegamos em Puerto Pirâmides, onde fizemos o passeio de navegação para avistagem da baleia franca austral e leões marinhos.

Em seguida, paramos em Punta Cantor na região de Caleta Valdés para ver os pinguins de Magalhães e, na costa da praia, os leões e elefantes marinhos.

Então, partimos para Punta Delgada e almoçamos no Complexo El Faro e descemos até a praia para observar os elefantes marinhos.

Na volta para o hotel, saímos para tirar mais fotos da cidade e jantar.

 

Dia 3 – Passeio à região de Rawson, ao centro de Trelew e à Casa de Té em Gaiman

De manhã, partimos de van (transfer) para a região de Rawson, onde fizemos um passeio náutico para observar colônia de leões marinhos, as toninhas (animal marítimo bicolor da família dos golfinhos) e de diversos tipos de aves.

Em seguida, fomos ao centro de Trelew conhecer o Museu Paleontológico e o antigo e famoso Hotel Touring Club.

A nossa última parada foi na Casa de Té Ty Gwyn no povoado de Gaiman.

 

Dia 4 – Saída da cidade de Puerto Madryn com destino à Ushuaia (3 dias)

Partimos do hotel pela manhã para o Aeroporto Almirante Marco Andrés Zar, em Trelew. Embarcamos no avião com destino ao Aeroporto Internacional Ushuaia – Malvinas Argentinas na cidade de Ushuaia, província da Terra do Fogo na Argentina.

No saguão de desembarque aguardamos o transfer contratado pela agência All Patagonia e chegamos na cidade antes do horário do almoço. Depois de dar entrada  no Hotel Los Naranjos, saímos para almoçar e conhecer a cidade.

 

Dia 5 – Passeio ao Lago Escondido e Fagnano

Logo de manhã, partimos de van (transfer) e seguimos caminho na Rota 3 em direção aos Lagos Escondido e Fagnano.

No caminho admiramos belas paisagens repletas de montes, entre eles, os famosos Monte Olívia e 5 Hermanos e ainda, observamos Sierra Alvear e o Valle Carbajal.

Paramos no Mirante do Valle Carbajal, no Paso Garibaldi e num ponto panorâmico da Rota 3 de onde tivemos uma vista deslumbrante dos Lagos.

Chegando até o Lago Fagnano, descemos do veículo para uma caminhada na margem deste lago.

Na volta do passeio paramos para almoçar no restaurante Terra Major – Centro Invernal.

À tarde, já de volta ao centro da cidade, pegamos um taxi e fomos até a Casa de Té “La Cabaña”, localizado no antigo centro de ski de Aerossilla e caminhamos por uma trilha subindo até o Monte Martial.

 

Dia 6 – Passeio da Navegação no Canal de Beagle e no Parque Nacional da Terra do Fogo

Partimos do hotel pela manhã e caminhamos por algumas quadras até a baía de Ushuaia para embarcação num navio para navegação pelo Canal de Beagle, onde percorremos pela costa norte do canal até o Farol Les Eclaireus. Durante o percurso, avistamos diversas aves como cormorões, gaivotas, albatrozes e petréis, como também, uma colônia de lobos marinhos. Na Ilha Martillo, observamos uma colônia de pinguins de Magalhães.

Passamos próximo do naufragado Buque Monte Sarmiento, que está no local desde 1911.

Após retornar à baía, o nosso guia já nos aguardava para irmos na Estação do Fim do Mundo para embarcarmos no trem (Trem do Fim do Mundo), que nos levou para dentro do Parque Nacional da Terra do Fogo fazendo o mesmo percurso feito antigamente pelos presidiários.

Durante o trajeto, fizemos uma parada em Cascata Macarena, lugar de paisagens maravilhosas da região de Cañadón del Toro.

No final do trajeto do trem, nosso guia nos aguardava para continuar o passeio em veículo e fizemos várias paradas para conhecer melhor os locais, a flora e a fauna de dentro do parque, como diques de castores e belas paisagens do Rio Lapataia e Laguna Verde.

 

Dia 7 – Saída da cidade de Ushuaia com destino a El Calafate (6 dias)

Partimos bem cedo do hotel para o Aeroporto Internacional Ushuaia – Malvinas Argentinas e embarcamos no voo com destino ao Aeroporto Internacional Comandante Armando Tola na cidade de El Calafate, província de Santa Cruz na Argentina.

Chegamos na cidade antes do horário do almoço e após realizar o check-in no Hotel Quijote fomos almoçar e conhecer o centro da cidade.

 

Dia 8 – Passeios no Rio de Hielo (Rio de Gelo)

Partimos de manhã de van (transfer) até Puerto Bandera e embarcamos para uma navegação de 5 horas pelo braço norte do Lago Argentino para chegar frente a frente ao Glaciar Spegazzini.

Durante a navegação apareceram diversos blocos de gelo que se desprenderam do Glaciar Upsala e pudemos apreciar belíssimas paisagens.

No final da tarde, fizemos o passeio do Nativo Experience em veículo 4×4 para a costa do Lago Argentino. A primeira parada foi em Punta Walicho, onde tivemos uma belíssima visão do Lago Argentino.

Na segunda parada, percorremos entre enormes pedras e o nosso guia explicou sobre a parte antropológica e histórica do homem na terra traduzindo os desenhos deixados nelas pelos antigos habitantes.

No final da atividade, desfrutamos de um delicioso e animado jantar de dentro de uma caverna.

 

Dia 9 – Minitrekking no Glaciar Perito Moreno e visita às passarelas

Partimos logo cedo do hotel com destino ao porto Bajo de las Sombras e embarcamos para uma navegação até à parede sul do Glaciar Perito Moreno.

Após desembarcar do navio, seguimos até o refúgio onde os guias organizaram os visitantes em grupos e iniciamos uma caminhada pela margem do lago de aproximadamente 20 minutos até o glaciar. Lá, os guias colocaram os grampões sob os sapatos dos participantes e tivemos várias explicações antes de iniciar a caminhada sobre o glaciar.

A caminhada durou cerca de 1h30 e pudemos observar as mais variadas formações de gelo.

No regresso ao refúgio atravessamos o bosque magalhâmico e no início da tarde visitamos as passarelas por onde avistamos de diversos ângulos este imponente glaciar.

 

Dia 10 – Passeio à Torres del Paine

Saímos bem cedo de El Calafate e depois de 2h30 de viagem atravessamos a fronteira de Cancha Carrera.

A seguir, percorremos as belas paisagens de um dos pontos da Patagônia Chilena em Paine até a entrada do Parque Nacional Torres del Paine.

Na hora do almoço paramos para um pic-nic frente à Cascata Paine e continuando o passeio parando em vários pontos do parque para breves caminhadas e apreciar as paisagens deslumbrantes do local.

 

Dia 11 – Dia livre (Tour pelo centro e ida ao Glaciarium)

Na parte da manhã, caminhamos pelo centro da cidade e depois do almoço, pegamos um transfer gratuito para o museo Glaciarium. Lá, visitamos o museu e conhecemos o icebar Glacio Bar Branca.

 

Dia 12 – Navegação Glaciar Viedma e passeio à El Chaltén

Logo de manhã, partimos de van (transfer) com destino ao Parque Nacional Los Glaciares até a cidade de El Chaltén, conhecida como a Capital Nacional do Trekking da Argentina.

Seguimos em paralelo ao Lago Argentino e paramos em alguns pontos panorâmicos até chegar no Parador La Leona.

Em seguida, partimos para o Puerto Bahía Túnel, onde fizemos uma navegação pelo Lago Viedma até chegar frente ao Glaciar Viedma e observar o Cerrro Huemul.

Voltando da navegação, seguimos até Chorillo del Salto, uma cachoeira de 20 metros de queda no meio das Cordilheiras. E, no restante do tempo de nosso passeio conseguimos fazer um minitrekking até o Mirador de los Cóndores.

No final da tarde, regressamos para El Calafate.

 

Dia 13 – Saída de El Calafate com destino ao Brasil

Aguardamos nosso transfer até o Aeroporto Internacional Comandante Armando Tola com destino ao Aeroporto Internacional de São Paulo Governador André Franco Montoro em Guarulhos, com escala no Aeroparque Regional Jorge Newbery em Buenos Aires.

 


 

Quer mais informações sobre Ushuaia e El Calafate, envie email para Georgia da All Patagonia: [email protected]

 


 

Siga compartilhando:
  • 24
    Shares

Cristina Mary

Sou Nutricionista desde 2004 e trabalho num consultório de endocrinologia atualmente. Sempre gostei de conversar sobre viagens e ouvir sobre as experiências das pessoas com as quais estou conversando e ficava viajando junto com elas imaginando todos esses lugares. Estou estudando sobre fotografia e programas de edição de imagens como o Photoshop e Lighroom. E, todo esse meu entusiasmo em aprender foi a partir do apreço por belas fotografias de paisagens e lugares incríveis que me inspiram sempre a conhecer novos lugares! E como é gratificante você planejar uma viagem desde a escolha do destino, pesquisar sobre o que se fazer e organizar da melhor maneira possível para aproveitar ao máximo a viagem e, finalmente ver através dos seus próprios olhos o lugar que você via apenas por fotografias. E, se você me perguntar o que me motiva? Bem, responderei a você que é a vontade de conhecer todos os cantos desse mundão afora, de aprender novas línguas para conseguir me comunicar com as pessoas da região, de enriquecer minha alma convivendo com as mais distintas culturas mesmo que seja por alguns dias ou apenas por alguns momentos.

37 comentários em “Roteiro de 12 dias na Patagônia

  • 20 de novembro de 2018 em 13:49
    Permalink

    Olá, tudo bom?

    Adorei seu roteiro!
    Poderia ocmpartilhar como foram seus gastos?

    Obrigada.
    Jenyffer

    Resposta
  • 20 de novembro de 2018 em 13:48
    Permalink

    Olá, tudo bom?
    Adorei seu roteiro, super completo!!!!
    Poderia compartilhar uma estimativa dos seus gastos?

    Obrigada.
    Jenyffer

    Resposta
  • 15 de outubro de 2018 em 22:04
    Permalink

    Cristina, boa noite!

    Muito bom o roteiro. Estou pensando em viajar na mesma época.
    Você possui um roteiro mais detalhado? Gostaria de uma ideia de valor também :D.

    Se tiver poderia me enviar por e-mail?

    Muito obrigado pela atenção!

    Abraços

    Resposta
  • 12 de setembro de 2018 em 16:32
    Permalink

    Olá, adorei o roteiro! muito bem explicado! Qual valor em média essa viagem?

    Resposta
  • 13 de agosto de 2018 em 22:13
    Permalink

    olá, tudo bem. poderia me enviar o roteiro completo, com mais informações? é também o valor aproximado da viajem

    Resposta
    • 14 de agosto de 2018 em 15:29
      Permalink

      Olá, Eder!
      O post é sobre o roteiro já é completo considerando todos os locais que estivemos na viagem à Patagônia.
      Mais para frente, vou postar os passeios separadamente.
      Te enviarei um email com mais informações sobre o que você me perguntou ok!
      Agradeço o seu comentário e um abraço!

      Resposta
  • 23 de julho de 2018 em 11:30
    Permalink

    Amei o seu roteiro, Cristina! Você poderia me ajudar em relação aos voos? Você comprou uma unica passagem com escalas ou foi comprando tudo separado? Não estou conseguindo me organizar nesse sentido…

    Resposta
    • 14 de agosto de 2018 em 14:57
      Permalink

      Olá Adriana!
      Então, quanto aos voos, pagamos juntamente com o pacote que fechamos pela agência GoldTrip.
      Mas, você pode comprar separadamente da agência que fechar os passeios. Eu tinha pesquisado anteriormente e fiz algumas simulações pelo site do Google Flight com múltiplos destinos que fica mais em conta que você comprar as passagens por cada trecho aéreo.
      Espero ter te ajudado!

      Resposta
  • 11 de julho de 2018 em 21:48
    Permalink

    Cristina,
    Gostei muito do roteiro. Só tenho janeiro para viajar, já que em julho muitos não recomendam, pela limitação de tempo (noites mais longas) e passeios.
    Minha dúvida é se consigo fazer este roteiro com meus filhos de 11 e 13 anos. A estrutura nessas cidadezinhas é boa?
    É fácil alugar carro? Tem ideia?

    Resposta
    • 14 de agosto de 2018 em 14:53
      Permalink

      Olá Andreia!
      O roteiro que fiz daria sim, se não me engano o minitrekking no Glaciar Perito Moreno pode ser realizado a partir dos 10 anos.
      Nas cidades tem muitas opções de restaurantes e agências de passeios. Porém, prefira trocar o dinheiro antes de chegar nessas cidades, pois o câmbio não é bom. Nós trocamos no aeroporto de Buenos Aires.
      Nós não alugamos carro, mas é fácil sim.
      Muito obrigada pelo seu comentário e um abraço!

      Resposta
  • 10 de julho de 2018 em 12:09
    Permalink

    Incrível esse roteiro, foi o primeiro que encontrei que fez a inclusão de Puerto Madryn e estamos muito interessados em fazer essa viagem na nossa lua de mel ano que vem. Gostaria de uma dica sobre a melhor época, considerando os hábitos de migração dos animais em Puerto Madryn e a disponibilidade de passeios em Calafate e Ushuaia o mês de abril seria uma boa opção? Nossa preocupação é a possibilidade de chover muito nessa época, o que acha Cristina?

    Resposta
    • 10 de julho de 2018 em 13:27
      Permalink

      Olá Alexandre!
      Realmente adoramos juntar as três cidades! Conseguimos aproveitar bem todos os dias da viagem 🙂
      Então sobre a melhor época, vai depender muito de quais passeios você irá querer colocar no seu roteiro.
      Pois, em El Calafate e Ushuaia, alguns passeios permanecem durante todo o ano, mas outros são passeios específicos conforme a temporada de inverno e verão.
      Eu fui no fim de novembro porque gostaria de fazer o minitrekking no Glaciar Perito Moreno e queria coincidir com a época de ver as baleias em Puerto Madryn.
      Apesar de ter lido que as baleias permanecem até dezembro quando voltam a migrar, nós vimos apenas uma!! E talvez ainda no início de novembro teria visto um pouco mais…
      Eu tinha incluído mergulho com os lobos marinhos (tudo em Puerto Madryn), mas devido aos ventos fortes foi cancelado no dia anterior e fizemos um passeio para avistagem da toninhas (parente dos golfinhos). Mas, conversando com uma atendente da agência que contratamos o passeio, ela recomendou que o melhor mês para fazer o mergulho seria em abril, pois há muitos filhotes (bem curiosos e que chegam mais perto de vc em relação aos adultos).
      Clima em Puerto Madryn:
      Apesar do frio patagônico, a temperatura média anual de Puerto Madryn fica em torno de 14°C. O clima é bem seco e o vento, constante. No verão, a temperatura pode chegar a 35°C durante o dia, mas, à noite, o tempo esfria bastante. Elefantes e leões-marinhos podem ser vistos em todas as épocas do ano, e a temporada de pingüins vai de Setembro a Abril. As baleias francas visitam a região entre Junho e Novembro, e as orcas, entre Outubro e Novembro e de Janeiro a Março.
      Clima em El Calafate:
      O clima é seco em El Calafate, com uma temperatura média máxima no verão de 19ºC, e média mínima no inverno de -2ºC.

      A duração do dia varia segundo a época do ano, já que no verão amanhece muito cedo (4-5h) e começa a anoitecer às 22-23h.

      No inverno o dia é mais curto, com apenas 8 horas de luz. Tem menos neve que Ushuaia, e não há centro de esqui. Os glaciares e passeios estão sempre ativos (só não sei quanto ao Minitrekking).

      A melhor época para visitar a região é de Novembro a Março (primavera e verão), quando o clima é menos frio e os dias são mais longos. Os meses de Maio, Junho, Setembro e Outubro são considerados de meia estação. Chove pouco e é mais frio.

      Clima em Ushuaia:
      O clima é mais nublado e chuvoso na área montanhosa sul, e seco e ventoso na área norte. Em geral, ocorrem diversas mudanças meteorológicas no decorrer do mesmo dia.

      Na cidade de Ushuaia, os ventos são bem gelados, suas rajadas são mais fortes na primavera e no verão (de setembro a janeiro).

      O inverno mesmo começa em meados de Junho a vai até Setembro, sendo os meses de Julho/Agosto os mais procurados. Os dias são mais curtos, mas a paisagem é embelezada pela neve. A cidade tem o centro de esqui conhecida como Cerro Castor, além de alguns centros de inverno onde se podem praticar várias atividades ligadas a neve como passeios de trenó, motos de neve, caminhadas, etc.
      Os pingüins ficam na região entre Novembro e Abril. Os lobos marinhos permanecem durante todo o ano.

      Agora, no mês de abril, a temperatura fica mais fria, mas acredito que não chova muito.
      Eu recomendaria você entrar em contato diretamente com as agências, mandando um email perguntando com mais detalhes, pois como te disse estive em novembro/dezembro, época de verão.

      Alexandre, nós não temos parceria com nenhuma agência de Puerto Madryn, mas gostei bastante do atendimento da agência que fizemos os passeios, a Argentina Vision.
      Para os passeios somente em Ushuaia e El Calafate, conseguimos parceria com a agência que contratamos os passeios, a All Patagonia, se você quiser pode mandar um email para a Georgia ([email protected]) e mencionar que está contatando-a através do Blog Siga na Viagem e caso você feche algum pacote de passeio com ela, terá desconto ok!
      Bom Alexandre, muitas informações, mas espero ter respondido suas perguntas…
      Agradeço seu comentário e um abraço!
      Cristina

      Resposta
  • Pingback:Passeio pelo Canal de Beagle em Ushuaia | Siga na Viagem

  • 15 de junho de 2018 em 00:32
    Permalink

    Finalmente achei o roteiro que queria! A maioria dos roteiros não inclui Puerto Madryn, mas só Ushuaia, El calafate e El Chaltén. Pretendo fazer esse seu roteiro em novembro e queria saber mais detalhes de como organizou e dos passeios. Vi em um site que tem um passeio para mergulhar com os leões marinhos em Puerto Madryn e fiquei muito animada. Minhas perguntas são: Só dá para fazer por avião todo o trecho ou dá para fazer alguma parte do trecho de ônibus ?! (Rio- Trelew- ushuaia- El Calafate- Rio) Viajou por quais cias aéreas? Quais hospedagens recomenda? Os passeios contratou la mesmo ou daqui? Desde já agradeço e parabéns pelo post 😊

    Resposta
    • 15 de junho de 2018 em 18:11
      Permalink

      Olá Caroline!
      Fico contente de poder te ajudar na sua programação para sua viagem à Patagônia!
      Realmente, não são a maioria dos turistas que incluem Puerto Madryn no roteiro, mas vale muito a pena!
      Fiz toda a programação dos passeios por aqui, pesquisando pela internet os tipos de passeios, e fechei com a agência GoldTrip por email (São Paulo) ou ainda, vc pode até fechar diretamente com a agência de lá também, talvez vc pague um pouco menos por fechar diretamente com a agência de lá.
      Os passeios contratados em Puerto Madryn foi pela Argentina Vision (Recomendo, o pessoal é pontual e foram bem atenciosos).
      Já, os passeios de Ushuaia e El Calafate foram contratados pela agência All Patagonia (se quiser passamos o contato, pois o pessoal consegue dar desconto para àqueles que nós indicamos). Adoramos o serviço deles também.

      Eu costumo viajar com os passeios já contratados para eu não me preocupar depois, mas fica a seu critério, pois dá para fechar diretamente com eles estando lá… Nós tínhamos o passeio contratado para fazer o snorkeling com os lobos marinhos, porém, na época que fomos (fim de novembro), o passeio foi cancelado no dia anterior devido aos ventos que estavam muito fortes. Contudo, tive a orientação do pessoal da agência que o ideal para fazer esse passeio seria no mês de abril porque nesse período há mais concentração de filhotes e eles são os mais curiosos para chegarem bem próximos das pessoas. Em novembro, praticamente não tem filhotes. Eu também estava super animada para fazer mergulho com eles rsrs

      Quanto ao transporte, fizemos tudo de avião. Você tem a opção de fazer por bus, porém dependendo do trecho o tempo de viagem é de aproximadamente 6 horas para mais…

      Todos os trajetos fizemos pela Aerolíneas Argentinas.

      Hospedagens: Em Puerto Madryn ficamos no Hotel Piren (Recomendo e ficaria novamente), em Ushuaia ficamos no Hotel Los Naranjos (este hotel eu achei razoável, eu tentaria ficar num hotel um pouco mais no centro) e no Hotel Quijote (Recomendo e adoramos também, mas talvez eu tentaria me hospedar em outro para conhecer, pois tem muito hotéis próximas da que a gente ficou e com uma estrutura interessante).

      Espero ter esclarecido suas dúvidas e obrigada pelo seu comentário.
      Um abraço!

      Resposta
  • Pingback:Tour no Parque Nacional Torres Del Paine - Siga na Viagem

  • 26 de fevereiro de 2018 em 17:10
    Permalink

    Oi Cristina, SEN-SA-CIO-NAL sua descrição e detalhes. ARRASOU!! Estou tão perdida saimos de férias dia 16Junho 2018 por 15 dias, porém, quero fazer tantas coisas que não consigo sair do lugar. Penso em Santiago, subir as Cordilheiras de onivus e chegar a Mendoza, depois pensei em Buenos Aires e quem saber $$$ estivar a Bariloche. Caramba, nunca foi tão dificil tomar uma decisão e definir um roteiro.

    Por favor só como informação o seu roteiro vc sabe mais ou menos quanto vc gastou????

    Pode me ajudar passando dicas e sugestões. Obrigada Marta ([email protected])

    Resposta
    • 20 de março de 2018 em 11:20
      Permalink

      Olá Marta!!
      Nossa são lugares maravilhosos, mas você precisa tentar dar prioridade ao local que você gostaria de ir e como você terá muitos dias, dá sim pra fazer um roteiro super bacana. Acho importante ter em mente os tipos de passeios que você gostaria de fazer pra você ir planejando melhor seus dias.
      Marta, estou te passando um email ok!
      Muito obrigada pelo seu comentário e um abraço!

      Resposta
  • Pingback:Visita às passarelas do Glaciar Perito Moreno - Siga na Viagem

  • Pingback:Minitrekking sobre o Glaciar Perito Moreno, uma experiência fantástica! - Siga na Viagem

    • 8 de janeiro de 2018 em 00:16
      Permalink

      Olá itamarjapa!
      Recomendo e muito conhecer a Patagônia, é uma região rica de paisagens belíssimas, fauna e flora! Simplesmente espetacular e espero que você consiga visitar em breve.
      Um abraço,

      Resposta
  • 1 de janeiro de 2018 em 21:25
    Permalink

    Muito bom, essas opções de roteiro sempre ajudam muito. Vou salvar aqui, sou louca para conhecer a Patagonia

    Resposta
    • 8 de janeiro de 2018 em 00:12
      Permalink

      Olá Angela!
      Primeiro quis postar somente sobre o roteiro e acho também que ajuda as pessoas na hora de programar a viagem. Mais pra frente, irei postando todos os passeios em detalhes!
      Espero que você possa conhecer a Patagônia em breve. É um destino espetacular!
      Um abraço,

      Resposta
  • 1 de janeiro de 2018 em 10:53
    Permalink

    Roteiro bem completo, já fui à Patagonia mas não fiz todos estes passeios. Quem sabe eu volto um dia.

    Resposta
    • 8 de janeiro de 2018 em 00:10
      Permalink

      Olá Michelle,
      A região patagônica tem muito a se conhecer e passeios a fazer. E tanto no inverno como no verão tem várias opções de passeios e a paisagem fica extremamente diferente! Fomos no verão passado e gostaria muito de ir no inverno também!
      Torço para que nós possamos ter muitas oportunidades de voltar neste destino tão incrível 😉
      Um abraço,

      Resposta
    • 8 de janeiro de 2018 em 00:07
      Permalink

      Olá Ana!
      A Patagônia foi um destino que sonhávamos fazer há algum tempo e foi maravilhoso!
      O roteiro foi escolhido a dedo entre tantas opções de passeios e fico feliz que tenha gostado!
      Obrigada pelo seu comentário e um abraço,

      Resposta
  • 29 de dezembro de 2017 em 16:41
    Permalink

    Nossa… que lugar incrível! As paisagens são surreais! Quero muito conhecer. Adorei o roteiro e as dicas! Parece que foi uma viagem maravilhosa.

    Resposta
    • 8 de janeiro de 2018 em 00:05
      Permalink

      Olá Viviane,
      Paisagens incríveis não faltaram nessa viagem. Realmente, a Patagônia é uma região maravilhosa de fauna, flora e paisagens belíssimas. Vale muito muito fazer uma viagem até lá!
      Com certeza foi um destino espetacular que pudemos conhecer e esperto que você conheça em breve! 😉
      Obrigada pelo comentário e um abraço!

      Resposta
  • 29 de dezembro de 2017 em 11:15
    Permalink

    Você me deu uma ótima inspiração para a próxima viagem, acha que Julho é uma boa época para ir com as crianças? Não sei se teremos tantos dias assim, dá pra resumir caso só tenhamos uma semana?

    Resposta
    • 7 de janeiro de 2018 em 21:34
      Permalink

      Olá Fabiola!!
      Olha… a recomendação que te daria é pra ir no verão! As temperaturas estarão melhores para fazer os passeios ao ar livre e existem atividades que são realizados somente nesta estação.
      Como visitamos 3 cidades, uma semana é pouco sim, mas considerando que você tenha apenas este tempo, eu acho que dependendo de quais serão suas preferências de passeios, você pode escolher melhor qual a cidade que gostaria de visitar e a partir disso, dá sim para se programar aproveitando melhor o tempo que vocês tiverem. Talvez, seja corrido fazer duas cidades em uma semana levando em consideração que você precisará gastar um dia de transporte ou por avião ou terrestre, este particularmente o tempo de transporte são de muitas horas e acho que fica bem cansativo, ainda mais visando o conforto das crianças.
      Vou postar mais pra frente todos os passeios que fizemos em detalhes.
      Espero ajudar você nas suas escolhas 😉
      Um abraço,

      Resposta
  • 29 de dezembro de 2017 em 08:43
    Permalink

    que roteiro completíssimo, um dos meus sonhos de viagem é conhecer a Patagônia, ainda não sei quando, mas quero ir, deve ser incrível a sensação de estar vendo tudo isso!

    Resposta
    • 7 de janeiro de 2018 em 21:12
      Permalink

      Olá quartodeviagem!
      Este destino foi mesmo um sonho realizado, pois de tantos lugares que nós ainda queremos conhecer, a Patagônia ficava sempre entre os principais da lista… E, há tantas e tantas atividades para se fazer que ficava até difícil deixar algum pra trás e as pessoas com quem converso se surpreendem, pois muitos imaginavam somente o passeio às geleiras!
      E a sensação de ver tudo de pertinho é sensacional! Com certeza um destino que você precisa conhecer 😉
      Obrigada pelo comentário e aguarde que estarei postando aos poucos sobre todos os passeios em detalhes!
      Um abraço,

      Resposta
  • 29 de dezembro de 2017 em 08:41
    Permalink

    A foto de abertura é incrível e o seu roteiro muito útil para quem quiser preparar uma viagem por lá. Quem gosta de ter tudo planeadinho, vai adorar o seu post. Aproveitaram bem o tempo, né?
    Abraço, feliz ano novo

    Resposta
    • 7 de janeiro de 2018 em 21:07
      Permalink

      Olá Ruthia!!
      Começamos a nos programar no final de junho, alguns meses antes da viagem já que fomos em novembro e costumo planejar o roteiro para ter um melhor aproveitamento dos dias de viagem. Ficou até um pouco cansativo, pois tivemos apenas um dia livre, mas acho que vale muito a pena!
      E fico contente de poder dar alguma dica para alguém que pense em ir à Patagônia futuramente.
      Um abraço e desejo um Ano Novo maravilhoso pra você também!

      Resposta

Deixe um comentário

Inline
Inline